NOVO HOST EM WWW.CLAUDIAVIEIRA.ORG

Posts

Segunda-feira, 01 de Março de 2010

A dois meses de ser mãe pela primeira vez, Cláudia Vieira não podia estar mais serena.O fim do Ídolos trouxe-lhe a calma de que necessitava para aproveitar o final da gestação e, como é normal nestas situações, o tempo livre para se dedicar às compras de tudo o que a sua filha vai precisar nos primeiros tempos de vida.


Segundo a apresentadora da SIC, a gravidez está a correr pelo melhor e nem mesmo aquele medo terrível de engordar excessivamente oarece afligi-la."Felizmente, até aqui, só engordei o normal, mas, realmente, é só na barriga.Não me estou a sentir inchada, nem nada disso.Mas lá está, ainda faltam dois meses e tudo pode acontecer", admite, entre sorrisos.
Com mais tempo disponível, Cláudia Vieira já sabe como vai ocupar os dias que faltam até sentir a filha no seu colo: a fazer tudo aquilo que o trabalho não lhe tem permitido.Entre as prioridades está, como não podia deixar de ser, a decoração do quarto da bebé:"Tenho a casa cheia de coisas para ela...Desde brinquedos, a coisas que nos vão oferecendo, ou até mesmo coisinhas que tanto eu com o Pedro [Teixeira] não resistimos e fomos comprando."Apesar de ser adepta de "cores serenas, como o rosa, o branco e o bege", Cláudia não vai abdicar de umas das suas cores favoritas: o azul.Algo que só poderá ser do agrado de Pedro Teixeira, um confesso adepto do FC Porto.
Porém, há mais planos: compras, por exemplo."Tentei adiar as primeiras compras para poder fazê-las quando tivesse bastante tempo.Chegou essa altura.Agora, que tenho tempo, só me apetece comprar-lhe coisas", confessa.
Sobre o nome da filha, diz: "Vai ser Maria.Simplesmente, Maria."
Enquanto o grande dia não chega, Cláudia e Pedro vão-se preparando."Estamos a fazer umas aulas de pré-parto, o que nos dá alguma tranquilidade.Ainda só tivemos duas aulas, estamos na parte teórica, mas já deu para saber o que fazer quando as águas rebentarem, por exemplo.Assim, escuso de entrar em pânico e posso ir para a maternidade apenas quando o Pedro chegar ao pé de mim, até porque ele faz questão disso", adianta Cláudia.O pior é a ansiedade."Estou a dois meses de conhecer a minha filhota e a ansiedade torna-se um bocadinho maior, mas tirando isso, tudo corre pelo melhor", admite.
A apresentadora até já decidiu que gostava de ter um parto natural."Já vi, inclusive, imagens de partos naturais e não me perturba.De certeza que, no momento, estarei ansiosa, mas, por enquanto, estou extremamente tranquila." Cláudia mostra-se igualmente apologista da criopreservação de células estaminais:"Tenho a certeza que o vou fazer.Se houver disponibilidade financeira, é algo que todos deveriam fazer.Um dia mais tarde, não quero vir a arrepender-me de não o ter feito.Assim, sei que, se surgir um problema, vou ter mais hipóteses de ajudar a minha filha.Não quero esse peso na consciência", confessa.
Os últimos meses, em que, juntamente com João Manzarra, deu a cara por um dos programas mais vistos na televisão nacional, foram, segundo a apresentadora, "um pouco stressantes".Porém, Cláudia não se queixa:"Sempre tive um ritmo de trabalho intenso e o Ídolos nunca exigiu grande disponibilidade em termos de tempo.Agora, não deixava de me provocar uma certa ansiedade.A nível físico, nunca foi muito exigente.Bem, talvez me sentisse um pouco mais sonolenta.Às vezes, queria dormir a sesta e não podia." Tal como todas as outras futuras mamãs, Cláudia só pensa em passar tempo com a filha.Cuidar de si e de Maria serão as suas prioridades, mas, mesmo assim, a apresentadora anuncia que espera voltar a trabalhar "ao fim de três meses" de licença de maternidade.

Check-up para precaver problemas vocais
Conhecida pela representação e apresentação, Cláudia Vieira é igualmente muito requisitada para dar voz a várias campanhas.No Hospital CUF Infante Santo, a futura mamã submeteu-se a um rigoroso check-up vocal.No final, a apresentadora não podia estar mais satisfeita com o resultado:"Está tudo bem.Só tenho de beber mais água para hidratar as cordas vocais."

 

   

 

In Vip

publicado por ClauVieira às 22:58